:: Campeonato Nacional de Clubes 2016 ::

    0
    333
    O Campeonato Nacional de Clubes 2016 realiza-se no próximo mês de novembro, no fim de semana de 5 e 6, no Club Squash Olaias, em Lisboa. Esta é considerada uma prova clássica no squash mas que já não se realizava em Portugal, neste moldes, há já alguns anos.
    Nos últimos dois anos, filiaram-se na Federação nacional de Squash cerca de 24 clubes, pelo que é esperado uma forte adesão a esta prova, na qual encontrado o Clube que será proclamado Campeão Nacional 2016.
    Desta forma, regulamenta-se que:
    1. Clubes filiados na FNS poderão inscrever-se neste campeonato, podendo cada clube inscrever mais que uma equipa. Havendo mais do que uma equipa inscrita por clube, estas terão a designação do seu clube, seguida do número da equipa (Clube XXXXX 1; Clube XXXXX 2; etc.).
    2. As inscrições deverão ser realizadas na plataforma informática SPORTYHQ, até 8 dias antes do início da prova.
    3. No mínimo, cada equipa deve inscrever três atletas e no máximo quatro.
    4. A ordem de jogos em cada encontro será sorteada para cada dia da prova antes do início do campeonato, com a presença dos capitães das equipas, sendo que o jogo em que se defrontem os atletas escalonados em nº 1 das equipas deverá ser sempre ou o primeiro ou o segundo jogo do encontro.
    5. Cada encontro entre duas equipas consiste num conjunto de três partidas à melhor de cinco sets. Vence o encontro a equipa que vencer duas partidas. Nas fases de grupos, terão obrigatóriamente de ser realizadas as três partidas. Em caso de empate entre duas ou mais equipas, os critérios de desempate serão a diferença de set’s ganhos e perdidos pelas equipas em causa. Se ainda assim se mantiver a situação de empate, o seguinte critério será a diferença entre pontos ganhos e perdidos entre as equipas em causa. Na fase a eliminar, se uma equipa vencer as duas primeiras partidas do encontro, a terceira partida só se realizará havendo acordo/vontade entre ambas as equipas, podendo nessa terceira partida as equipas alterar o atleta previamente designado (neste caso, o atleta não poderá ser nenhum dos que participou nas duas partidas anteriores).
    6. Cada equipa seleciona três jogadores para cada encontro, que são ordenados por cabeças de série, sendo que os melhores cabeça de série de cada equipa jogam um contra o outro e assim sucessivamente.
    7. O escalonamento dos atletas em cabeças de série é feito a partir do ranking nacional. Em caso de desajuste evidente do escalonamento com a valia desportiva dos atletas, compete à Direção da FNS rearranjar o dito escalonamento por forma a torná-lo justo.
    8. Cada equipa nomeará um capitão que será responsável pela interação da equipa com os responsáveis organizativos do Campeonato durante a prova.
    9. Compete à Direção da FNS fazer o escalonamento relativo de todas as equipas inscritas no Campeonato, sendo que o critério primordial, mas eventualmente não único, será o conjunto das posições do ranking nacional dos elementos de cada equipa.
    10. Situações eventualmente omissas a este regulamento deverão ser esclarecidas junto da Direção da FNS.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here